BOLSA DE EXTENSÃO ACADÊMICA

VESTIBULAR SOBERANA

CURSOS 100% PRESENCIAIS

BEA

Estimulando as nossas melhores mentes!

Art. 41. As BEAs ou Bolsas de Extensão Acadêmica, serão concedidas no âmbito de projetos de extensão de docentes da Soberana Faculdade de Saúde de Petrolina, que sejam, preferencialmente, mestres e doutores, com maior carga horária na instituição e com produção científica relevante nos últimos três anos, ressalvados os casos especiais, a juízo da Direção Acadêmica

Art. 42. Cada professor orientador, em seu projeto de extensão, poderá pleitear quantas BEAs forem necessárias, independentemente do número de projetos apresentados. Entretanto, ficará a cargo da Direção Acadêmica definir a quantidade de bolsas destinadas a cada projeto aprovado.

Art. 43. O professor orientador deverá destinar um mínimo de duas horas-aula por semana para orientação acadêmica do projeto.

§ 1º. O professor orientador é pessoalmente responsável pelo acompanhamento das atividades do bolsista, devendo comunicar à Direção Acadêmica qualquer irregularidade ou inobservância do presente regulamento.

§ 2º. O Professor orientador que não encaminhar o relatório mensal, findo o prazo de dois meses, terá o projeto cancelado.

Art. 44. A solicitação da BEA deverá ser feita em formulário próprio, acompanhada do projeto de extensão, apresentado no padrão exigido pela Direção Acadêmica, conforme o roteiro para apresentação de projeto.

Parágrafo único. Também deverá apresentar os seguintes documentos:

I – Curriculum vitae do professor orientador - Modelo Lattes CNPq;
II - Histórico escolar do bolsista;
III - Plano de Trabalho para o Bolsista.
Art. 45. O Plano de Trabalho do Bolsista – PTB, elaborado pelo professor-orientador, deverá conter os seguintes itens:
a) natureza do trabalho a ser executado;
b) carga horária semanal;
c) metodologia a ser empregada;
d) resultados esperados.

Art. 46. Somente poderão ser indicados para as BEAs, os estudantes da Soberana Faculdade de Saúde de Petrolina, regularmente matriculados, que possuam média geral igual ou superior a 07 (sete).

Parágrafo único. Os alunos que não tiveram acesso às bolsas poderão participar dos projetos, como voluntários, sendo contemplados com horas AAC, instituídas pela Direção Acadêmica.

Art. 47. O aluno só poderá ser indicado por um único professor orientador e para um único projeto de pesquisa ou de extensão.

Art. 48. O desenvolvimento do trabalho dos bolsistas será acompanhado por meio de relatórios parciais (semestrais) e finais (anuais), elaborados pelos próprios bolsistas, sob supervisão do professor orientador e o acompanhamento da Direção Acadêmica.

Parágrafo único. Os relatórios devem conter os seguintes itens:
a) identificação (título, bolsista(s), orientador, faculdade);
b) descrição das etapas desenvolvidas pelo aluno;
c) metodologia utilizada;
d) resultados alcançados;
e) referências bibliográficas.

Art. 49. São obrigações do bolsista:

I - cumprir o programa e a carga horária de trabalho estipuladas pelo professor orientador; II - apresentar relatórios, parciais e final, de suas atividades; III - assistir a palestras, encontros ou cursos, por determinação do professor-orientador, desde que relevantes para o trabalho desenvolvido e que não conflitem com o cumprimento do inciso I.

Art. 50. As Bolsas oferecidas em edital terão validade vinculada ao cronograma de cada projeto, exigindo-se do bolsista a carga horária mínima de seis horas semanais, admitindo-se a renovação por igual período, consoante solicitação do professor-orientador e parecer da Direção Acadêmica.

Art. 51. Os bolsistas deverão ser substituídos nos seguintes casos:
I - cancelamento ou trancamento de matrícula, bem como conclusão de curso;
II - a pedido do próprio aluno;
III - por solicitação do orientador, devidamente justificada (com base nas obrigações do
bolsista).

Art. 52. O cancelamento da bolsa poderá ser feito a qualquer momento e somente farão jus ao Certificado de Bolsista de Extensão Acadêmica os alunos que, além do cumprimento de suas obrigações, tiverem seus relatórios aprovados pela Direção Acadêmica.

Art. 53. Cabe à Direção Acadêmica a emissão dos certificados e declarações.

Art. 54. As Bolsas disponibilizadas, mas não concedidas dentro do prazo regulamentar, serão automaticamente canceladas.

Art. 55. A Direção Acadêmica pode, a qualquer tempo, suspender a concessão das Bolsas, senão observadas as condições aqui estabelecidas.

Redes Sociais

FACEBOOK

CURTA

INSTAGRAM

SIGA
TOP
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this